Os vereadores aprovaram o plano de carreira do magistério e do “apoio especializado” (bibliotecário, psicólogo, psicopedagogo, cuidador, secretários escolares, etc).

O plano de carreira é importante porque valoriza o profissional, proporcionando-lhe, entre outros direitos, progressões e promoções na sua vida funcional, aumentando a remuneração conforme o servidor cumpra certos requisitos.

O plano é um desejo antigo da classe dos servidores e do sindicato, mas só foi apresentado quando virou uma exigência legal. Infelizmente o projeto foi levado à Câmara para ser aprovado às pressas o que exigiu dos vereadores diversas reuniões em tempo curto. Algumas alterações foram feitas no projeto, a pedido dos servidores, e a matéria foi, enfim, aprovada.

Alguns defendiam que o cargo de Diretor Escolar fosse ocupado por alguém eleito na escola, mas os vereadores, apesar de concordarem que seria mais democrático, analisaram a posição do Supremo Tribunal Federal e viram que nos municípios e estados em que essa regra foi aprovada o Poder Judiciário está anulando por inconstitucionalidade. Então, foi mantida a indicação pelo Prefeito Municipal.

There are no comments yet.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked (*).