No dia 05/06, foi apresentado aos vereadores na sessão da Câmara Municipal o plano de carreira do magistério e do serviço de apoio especializado. Numa reunião realizada antes da sessão com os vereadores, a Secretaria de Educação, representantes do sindicato, representantes da comissão especial de juristas fez uma explanação do projeto e sanou algumas dúvidas. Durante a sessão, foi concedida a palavra à Secretaria Municipal de Educação, professor Cenira Antônia da Silva, que explicou que o projeto vem com tabelas tanto do administrativo quanto do magistério e que se não for votado até o último dia desse mês, o município sofrerá bloqueio de cerca de R$ 900.000,00 (novecentos mil reais) das contas do FUNDEB – O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e isso pode ocasionar atrasos de salários. O projeto agora seguirá para as comissões da Câmara que avaliarão os impactos nos direitos dos servidores e nas contas municipais.

There are no comments yet.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked (*).